top of page
  • Foto do escritorAMEA - Associação Mato-Grossense de Educação Ambiental

Lançamento do dispositivo "Radar do fogo"



O Casal de empresários, Diogo de Oliveira e Monize Medeiros, se reuniram na última sexta-feira, (11) com os membros da AMEA – Associação Mato-grossense de Educação Ambiental para discutir sobre o evento de lançamento do dispositivo “Radar do Fogo”. Na ocasião, os dois dispensaram total apoio ao projeto.


O evento será dia 08 de julho, e pretende reunir autoridades, lideranças políticas e produtores rurais de Mato Grosso para mostrar, na prática, as funções do protótipo.


Saiba mais.


SENSORES ANTI-QUEIMADAS


CONTEXTUALIZAÇÃO:

No ano de 2020, no Pantanal (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) foram identificados mais de 8 mil focos de incêndio, marca recorde, considerando que os maiores focos foram no ano de 2005 onde foram identificados 5.993 focos.

Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE


PROJETO DISPOSITIVO ANTI-QUEIMADA

Criação e instalação de sensores de calor e umidade, nos principais pontos do Estado de Mato Grosso. Utilizando tecnologia inovadora permitirá acompanhar em tempo real as alterações do ambiente por meio de imagens de vídeo monitoramento e informações de sensores ambientais instalados localmente.


ESTRUTURA DE FUNCIONAMENTO DO PROJETO

Serão instaladas torres de telecomunicações com antenas de rádio transmissão para permitir a conexão de dados e vídeo entre os locais de instalação e qualquer ponto remoto com acesso à internet. Espera-se com a implantação deste projeto reduzir o tempo de resposta a incêndios na região pantaneira.

- Criar e instalar câmeras e sensores de umidade do ar, temperatura do ar e solo, além de sensores de fumaça, oferecendo dados necessários para um sistema que pretende monitorar e identificar focos de incêndio, em tempo real, pelo Estado de Mato Grosso.

- Desenvolver práticas sustentáveis de reaproveitamento de produtos descartados.

- Proteger o meio ambiente e melhorar a qualidade do ar e solo por todo Estado de Mato Grosso.

- Proporcionar o engajamento ativo do educando com o aprendizado, atuando como forma de resolver e prevenir os problemas ambientais.


AÇÕES PROPOSTAS

- Desenvolver palestras de cunho pedagógico, onde serão apresentadas as metodologias empregadas no projeto, além de como a população pode contribuir na precaução e combate aos incêndios, desenvolvendo com isto, uma consciência ambiental, contribuindo para uma formação humanista-fraternal, bem como da sua inserção quanto cidadão consciente do seu papel junto à sociedade.


CONSCIENTIZAÇÃO DA POPULAÇÃO

- Desenvolver práticas sustentáveis de reaproveitamento de produtos descartados: converteremos o material reciclado em filamentos que serão utilizados em uma impressora 3D para impressão de capas protetoras que serão utilizadas nos sensores e câmeras utilizadas no projeto.

- Melhorar a qualidade do ar e solo por todo Estado de Mato Grosso: reduzindo ou até mesmo evitando as queimadas, teremos uma melhora na qualidade do ar e solo, além da preservação da fauna e flora.

- Proporcionar o engajamento ativo do educando com o aprendizado, atuando como forma de resolver e prevenir os problemas ambientais: por intermédio de palestras com profissionais da área ambiental, nas escolas, faculdades e empresas além de material publicitário.


RESULTADOS COM A INSTALAÇÃO DOS SENSORES

- Diminuição das queimadas por todas as regiões onde os equipamentos forem instalados.

- Será criada uma rede de dados exclusiva para o tráfego destas informações, utilizando tecnologia de rádio em frequência homologada que permitirá de modo imediato acessar as informações de qualquer dos pontos de monitoramento, incluindo a verificação de necessidade de manutenção.

6 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page